SEMED busca melhorias para as creches do município

Em Itaperuna, Noroeste do Estado do Rio de Janeiro, a Secretaria Municipal de Educação (SEMED) está há alguns meses, trabalhando em função de melhorar os serviços prestados pelas creches no município.

Na tarde de segunda-feira (27/02), o secretário Municipal de Educação José Luiz Ribeiro, o Borracha, aceitando convite da Drª. Cláudia Turner, reuniu-se com representantes do Ministério Público (MP), diretores das creches, além da equipe técnica do MP, Conselho Municipal de Educação e Procuradoria Geral do Município.

Durante a reunião foram apresentados alguns critérios para o repasse de verba municipal, às respectivas instituições. “Demos um importante passo no que se refere à qualidade no atendimento de nossas crianças. É preciso garantir os princípios de Igualdade e Transparência , além de disponibilizar os melhores serviços para a sociedade”, diz Borracha.

Um dos critérios destacados diz respeito à inserção de projetos pedagógicos. Anteriormente, as creches eram encaradas apenas como um espaço para deixar as crianças. Agora, o olhar é diferenciado. O objetivo é transformar o espaço em gerador de conhecimento, onde a criança possa desenvolver suas habilidades, sob o conceito de Creche Educacional.

“Existia uma disparidade no repasse dessas verbas, agora, as instituições passarão a ter um tratamento igualitário. Essa reunião é um complemento de parte de um processo que começou em julho do ano passado. Temos todo um banco de dados relativo às creches, que indicam a necessidade de uma série de modificações”, afirma o secretário.

As creches foram vistoriadas por representantes do MP, Conselho Municipal de Educação e Supervisão Pedagógica do município, que verificaram a capacidade real de atendimento das instituições. “Queremos deixar um importante legado para o município. As entidades entendem que estamos no caminho certo, pois as crianças precisam de um espaço físico adequado, bem como serem incluídas socialmente”, reforça Borracha.

As entidades terão até o dia 09 de abril para apresentarem a documentação exigida, após a análise, poderá haver renovação dos convênios, caso a mesma seja aprovada.

Município terá duas novas creches

De acordo com o secretário José Luiz ‘Borracha’, o município está providenciando a documentação necessária para o processo licitatório, com o intuito de construir duas novas creches através do PAC II em Itaperuna. Uma no Loteamento João Bedim e a outro no Matadouro, com aproximadamente 2.800m2.

Borracha ainda informou que a partir deste ano, as creches não receberão repasses dos recursos do Fundeb para crianças de 4 e 5 anos. O Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação) financiará somente crianças de 0 a 3 anos matriculadas nas creches privadas, ou seja,  crianças de 4 e 5 anos serão atendidas pela rede municipal, mais um motivo para o município buscar o conceito de Creche Educacional.

As creches foram vistoriadas por representantes do MP, Conselho Municipal de Educação e Supervisão Pedagógica do município, que verificaram a capacidade real de atendimento das instituições. “Queremos deixar um importante legado para o município. As entidades entendem que estamos no caminho certo, pois as crianças precisam de um espaço físico adequado, bem como serem incluídas socialmente”, reforça Borracha.

As entidades terão até o dia 09 de abril para apresentarem a documentação exigida, após a análise, poderá haver renovação dos convênios, caso a mesma seja aprovada.

Município terá duas novas creches

De acordo com o secretário José Luiz ‘Borracha’, o município está providenciando a documentação necessária para o processo licitatório, com o intuito de construir duas novas creches através do PAC II em Itaperuna. Uma no Loteamento João Bedim e a outro no Matadouro, com aproximadamente 2.800m2.

Borracha ainda informou que a partir deste ano, as creches não receberão repasses dos recursos do Fundeb para crianças de 4 e 5 anos. O Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação) financiará somente crianças de 0 a 3 anos matriculadas nas creches privadas, ou seja,  crianças de 4 e 5 anos serão atendidas pela rede municipal, mais um motivo para o município buscar o conceito de Creche Educacional.  

 

O secretário de Educação José Luiz ‘Borracha’ disse que foi dado importante passo no que se refere à qualidade no atendimento das crianças 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blog do Adilson Ribeiro © 2017 Frontier Theme